Quais efeitos do açúcar no fígado?

Por que quanto mais açúcar consumimos mais vontade sentimos ? 
O fígado desempenha muitos papéis dentro do nosso corpo, desde funções na digestão com a secreção da bile, que auxilia na digestão das gorduras, até no armazenamento de algumas vitaminas e minerais.
Também está intimamente envolvido no processamento de carboidratos, proteínas e gorduras.
Uma das funções é determinar se esses nutrientes ingeridos serão usados para gerar energia, para produzir outras estruturas importantes ou se serão armazenados.
Quando o açúcar branco chega em excesso ao nosso fígado, este o converte quase que em sua totalidade em gordura. Com o tempo, o organismo desenvolve uma resistência à insulina. Falo muito isso para os pacientes.
Se isso acontecer, nossas células se tornam resistentes a esse hormônio, e o pâncreas tentará equilibrar o açúcar produzindo níveis mais altos de insulina, fazendo com que o corpo acumule cada vez mais gordura. 
Além disso, devido a um excesso tão grande de açúcar no sangue e de insulina, a atividade de um hormônio, chamado leptina, é bloqueada. A leptina é responsável por regular nossa sensação de fome. 
Um nível elevado de insulina resulta também em hipertensão e na diminuição do chamado "colesterol bom", causando uma "síndrome metabólica". Em outras palavras, é o que se conhece como fígado gorduroso. 
Para quem já está com o fígado inflamado, é fundamental procurar ajuda médica. 
Use substitutos naturais como Xilitol ou simplesmente opte por não adoçar! 

Por que quanto mais açúcar consumimos mais vontade sentimos ? 
O fígado desempenha muitos papéis dentro do nosso corpo, desde funções na digestão com a secreção da bile, que auxilia na digestão das gorduras, até no armazenamento de algumas vitaminas e minerais.
Também está intimamente envolvido no processamento de carboidratos, proteínas e gorduras.
Uma das funções é determinar se esses nutrientes ingeridos serão usados para gerar energia, para produzir outras estruturas importantes ou se serão armazenados.
Quando o açúcar branco chega em excesso ao nosso fígado, este o converte quase que em sua totalidade em gordura. Com o tempo, o organismo desenvolve uma resistência à insulina. Falo muito isso para os pacientes.
Se isso acontecer, nossas células se tornam resistentes a esse hormônio, e o pâncreas tentará equilibrar o açúcar produzindo níveis mais altos de insulina, fazendo com que o corpo acumule cada vez mais gordura. 
Além disso, devido a um excesso tão grande de açúcar no sangue e de insulina, a atividade de um hormônio, chamado leptina, é bloqueada. A leptina é responsável por regular nossa sensação de fome. 
Um nível elevado de insulina resulta também em hipertensão e na diminuição do chamado "colesterol bom", causando uma "síndrome metabólica". Em outras palavras, é o que se conhece como fígado gorduroso. 
Para quem já está com o fígado inflamado, é fundamental procurar ajuda médica. 
Use substitutos naturais como Xilitol ou simplesmente opte por não adoçar!