O uso do adoçante pode predispor a Diabetes

Fugir do açucar é uma missão quase que impossível, já que ele é um item importante em quase todos os alimentos.Diante disso, estudos começaram a ser focados no adoçante e o açucar a partir da desconfiança de que existe alguma relação entre a substância e algumas doenças de saúde.

Descobriram com isso, que o adoçante pode colaborar no surgimento da diabetes ao dificultar a relação do corpo com o açúcar dos alimentos e alterar a flora bacteriana intestinal. Mas apesar disso, já adiantaram, que os resultados dos estudos não são suficientes para recomendar mudanças na forma como as pessoas usam os adoçantes, uma vez que, atualmente a substância é muito utilizada no controle do peso e da diabetes.

E o que os estudos vêm sugerindo? Os pesquisadores começaram testando três tipos de adoçantes, conhecidos como sacarina, sucralose e aspartame. Todas as pesquisas sugeriram que os atuais compostos mudam a composição da flora intestinal e essa ação parece dificultar a relação do corpo com o açúcar contido nos alimentos, resultando no aumento das taxas de açúcar no sangue. Essas alterações, podem ser malignas e levar a diabetes e por conta disso, a Agência Americana que regulamenta remédios e alimentos, afirmou que os adoçantes "foram minuciosamente estudados e têm uma certeza razoável de não provocarem prejuízos aos consumidores".

Para maiores informações, consulte um especialista.