Flexibilidade metabólica, Obesidade e atividade física.

O organismo humano apresenta uma habilidade incrível de controlar o metabolismo de diferentes substratos energéticos.
Flexibilidade metabólica é o termo que define a eficiência do organismo em utilizar os substratos energéticos de acordo com sua disponibilidade, por exemplo, durante o jejum  o organismo dá preferência  pela oxidação de ácidos graxos e após a refeição dá preferência para utilização de carboidratos.
A prática de atividade física é reconhecida como uma importante ferramenta terapêutica no tratamento da obesidade e diabetes mellitus do tipo II.
A contribuição da atividade  física na manutenção da flexibilidade metabólica irá depender de alguns fatores, tais como:
- Volume;
-Tipo;
-Intensidade da atividade.
Com isto um importante efeito do exercício aeróbio é  a elevação da capacidade oxidativa  no músculo esquelético, no tecido adiposo e no tamanho dos adipócitos. Melhora também a sensibilidade á insulina , regulando diretamente as vias de sinalização ativadas por este hormônio.
O importante é ter em mente que a prática  de atividade física regula o nosso metabolismo e contribuem  de modo importante para que o organismo funcione de modo equilibrado.