Como tratar uma acne? Saiba que as cicatrizes oriundas da acne – doença que atinge principalmente adolescentes, podem deixar sequelas cicatriciais, deprimidas, manchas e alterações na superfície da pele. Por isso, hoje em dia, vários tratamentos podem ser utilizados, como por exemplo, o peeling químico - indicado em casos superficiais, médios ou profundos, com resultados mais aparentes. Peelings superficiais repetidos podem ajudar no tratamento de manchas causadas pela acne. Além de clarear as manchas, os peelings melhoram a textura da pele, deixando-a mais uniforme. Veja abaixo os principais:

– Dermoabrasão: consiste no lixamento da pele e costuma ser indicado quando há presença de cicatrizes deprimidas e profundas, principalmente aquelas com bordas bem delimitadas.

– Preenchimento cutâneo: consiste no preenchimento da cicatriz a partir de microgotas, na qual, são injetadas substâncias debaixo da cicatriz. Os preenchedores podem ser temporários, como o ácido hialurônico, ou definitivos, como o dimetilsiloxane.

– Ressurfacing com Laser:  semelhante à dermoabrasão, porém, realizado com laser, esse tratamento, é indicado para cicatrizes deprimidas de bordas bem marcadas.

– Subcisão: essa técnica consiste em liberar a pele da fibrose cicatricial que a puxa para baixo a fim de estimular a formação de tecido colágeno no local para elevar a cicatriz.

– Microagulhamento: consiste na aplicação de micro agulhas esterilizadas e de aço cirúrgico, normalmente, dispostas em um rolo para facilitar. Esse rolo é aplicado na pele, provocando pequenas punturas, que aumentarão a vasodilatação, estimularão a formação de colágeno e também aumentam a absorção de alguns medicamentos direto na pele, o chamado drug delivery.

Outros métodos também são muito comuns e todos, é importante ressaltar depende do tipo de pele de cada pessoa, assim como, possui contraindicação. Na dúvida, não hesite, procure pela Dermatologia Daniela Garcia (@dradanicgarcia).