Comumente é comum, uma manchinha ou outra na face, nas maçãs do rosto, buço ou testa, oriunda até mesmo da exposição ao sol. Mas você já procurar saber se a sua mancha é benigna ou mesmo considerada um melasma?


Saiba que o melasma, é uma consequência de uma alteração hormonal, e doença genético - hormonal que atinge cerca de 70% das gestantes ou então, aparece normalmente, nas mulheres jovens e com tom de pele mais escuro, no entanto, os homens também correm risco. Você sabia também que por ser uma enfermidade crônica, não é contagioso, mas não tem cura, e tem controle? 
Veja abaixo quais são os tipos de melasma mais conhecidos?
❖ Epidérmico: Grande quantidade de pigmento por trás da epiderme - camada mais superficial da pele;
❖ Dérmico: Quantidade maior de melanina ao redor dos vasos superficiais e profundos;
❖ Misto: Excesso de pigmento na epiderme, na derme e em outras regiões; 
Pessoas que sofrem com alterações na pele, devem ter maior cuidado com o sol, pois a exposição contribui para o aumento e vem sendo, segundo estudos, o principal fator responsável pelos casos de melasma. Com as novas tecnólogas já existem soluções paliativas para o melasma facial.